acupuntura-mtc.com

Aprenda Acupuntura e
Medicina Tradicional Chinesa

acupuntura-mtc

Sistema reprodutor

Destaques do site

Livros

Acupuntura

Medicina Tradicional Chinesa

Acupuntura Auricular

Auriculoterapia

Gravidez: sintomas

Por Equipe de acupuntura-mtc.com

 Você gostou desta página? Clique no "mais um"  
 Compartilhe esta página

Os sintomas da gravidez variam de mulher a mulher e de gravidez a gravidez. No entanto, um dos sintomas mais importantes de gravidez é o atraso ou a falta de menstruação.

É importante compreender os sinais e sintomas de gravidez, porque cada manifestação pode se relacionar a algo diferente do estado de gestação.

Algumas mulheres apresentam sinais e sintomas de gravidez dentro da primeira semana da concepção. Em outras mulheres, os sintomas da gravidez se desenvolvem em algumas semanas ou não se apresentam.

A seguir tem uma lista de alguns dos sintomas e sinais de gravidez mais comuns. Se a mulher tem estado sexualmente ativa e apresentando qualquer um dos seguintes sintomas é importante fazer um teste de gravidez.

Gravidez: sintomas

Sangramento de implantação:

O sangramento de implantação pode ser um dos primeiros sintomas de gravidez. Aproximadamente, de 6-12 dias após a concepção, o embrião se implanta na parede uterina. Algumas mulheres apresentam manchas de sangue, assim como algumas cãibras.

Outras explicações: menstruação real, alteração menstrual, mudança de pílula anticoncepcional, infecção ou lesão da relação sexual.

Atraso ou diferença na menstruação:

O atraso ou a falta da menstruação é o sintoma mais comum da gravidez que conduz uma mulher a fazer o teste de gravidez. Quando a mulher fica grávida, deve faltar a menstruação seguinte.

Muitas sangram até estando grávidas, mas comumente o sangramento é mais curto ou mais leve do que numa menstruação normal.

Outras explicações: ganho ou perda excessiva de peso, fadiga, problemas hormonais, tensão, estresse, parar de tomar a pílula anticoncepcional ou amamentação.

Peitos inchados ou sensíveis:

Os peitos inchados ou sensíveis são um sintoma da gravidez que pode começar a partir de 1-2 semanas após a concepção. As mulheres podem notar alterações em suas mamas; podem estar sensíveis ao toque, doloridas ou inchadas.

Outras explicações: desequilíbrio hormonal, comprimidos anticoncepcionais e tensão pré-menstrual (TPM) também podem causar inchaço ou sensibilidade dos peitos.

Fadiga ou cansaço:

A sensação de fadiga ou de maior cansaço é um sintoma de gravidez que pode também começar já na primeira semana após a concepção.

Outras explicações: estresse, exaustão, depressão, resfriado ou gripe ou outras doenças podem também provocar a sensação de cansado ou fadiga.

Náusea matutina:

Este sintoma de gravidez bem conhecido se mostra muitas vezes entre a segunda e a oitava semana após a concepção. Algumas mulheres têm a sorte de não terem náuseas matutinas, enquanto outras têm náusea durante a maior parte da gravidez.

Outras explicações: intoxicação alimentar, estresse ou outras desordens do estômago também podem causar enjoo.

Dor nas costas:

As dores lombares podem ser um sintoma que ocorre nos primeiros meses da gravidez. No entanto, é comum sentir dor leve durante toda a gravidez.

Outras explicações: tensão pré-menstrual, estresse, outros problemas das costas e tensões físicas ou mentais.

Dores de cabeça:

O súbito aumento dos hormônios no corpo pode causar cefaléia (dor de cabeça) nos primeiros meses da gravidez.

Outras explicações: desidratação, interrupção da cafeína, tensão pré-menstrual, esforço visual ou outras enfermidades podem ser fonte de cefaléia frequente ou crônica.

Micção frequente:

Em volta de 6-8 semanas após a concepção, podem se ter mais algumas idas ao banheiro.

Outras explicações: infecção urinária, diabetes, aumento do consumo de líquidos ou consumo excessivo de diuréticos.

Escurecimento das aréolas mamárias:

Durante a gravidez, a pele à volta dos mamilos pode ficar mais escura.

Outras explicações: desequilíbrio hormonal independente de gravidez ou pode ser um efeito remanescente de uma gravidez anterior.

Vontade excessiva de comer:

Embora pode não existir um forte desejo de comer picles e sorvetes, muitas mulheres sentem vontade de determinados alimentos quando estão grávidas. Isto pode durar toda a gravidez.

Outras explicações: dieta inadequada, falta de um determinado nutriente, estresse, depressão ou tensão pré-menstrual.

Cuidados da gravidez com a Medicina Chinesa

Existem tratamentos eficazes e seguros para os sintomas da gravidez. Na verdade, algumas mulheres têm um nível relativamente bom de gravidez, com sintomas e desconforto mínimos, mas por outro lado, há mulheres que não podem esperar se restabelecer totalmente da gravidez.

Durante séculos, a Medicina Chinesa tem sido utilizada para aliviar os sintomas e muitas complicações da gravidez.

A Medicina Chinesa tem sido utilizada para tratar sintomas que variam de náuseas e vômitos até diabetes da gestação, prevenção da pré-eclampsia, controle dos fibromas, resfriados, lombalgia e baixo peso fetal e entre outros.

A acupuntura e as ervas específicas são seguras e podem ser bastante eficazes, especialmente em gestantes idosas, nas quais as complicações são mais comuns.

Para as náuseas e os vômitos durante a gravidez, os tratamentos de acupuntura, o chá de gengibre e as pulseiras de acupressão podem oferecer alívio.

Em alguns casos mais graves, os tratamentos de acupuntura podem ser incapazes de eliminar todos os sintomas, mas com frequência, pode se esperar uma redução da intensidade de tais sintomas.

O uso de plantas aromáticas tais como o gengibre, o cardamomo, o astrágalo e outros têm sido úteis em muitas pacientes.

Na Medicina Chinesa também existem tratamentos para a prevenção do aborto e o controle da placenta prévia. Alguns casos de vazamento cervical podem ser solucionados. A situação comum de dor nas costas deve ser tratada durante a fase inicial do surto, com acupuntura e massagem tuina. O alívio temporário da dor nas costas pode se atingir principalmente no terceiro trimestre de gestação.

No caso de posição invertida do feto no último mês de gravidez, um procedimento simples e seguro de acupuntura e moxibustão (aquecimento de acupontos mediante a combustão de artemísia) de um acuponto nos pés resultou em mais de 90% de eficácia, em estudos realizados na China, evitando assim a cesariana.

Em resumo, a Medicina Chinesa pode ser um instrumento eficaz e seguro para o tratamento bem sucedido de diversos sintomas da gravidez, com ausência de efeitos colaterais na mãe e no feto.

Importante!

O tratamento de acupuntura e de Medicina Chinesa não significam uma substituição do tratamento médico convencional. Oferecem uma via complementar que pode ter sucesso no cuidado de uma grande variedade de sintomas e complicações da gravidez.

Também, a estimulação de certos acupontos é contra-indiciada durante a gravidez. Deve se prestar cuidado na seleção de um profissional preparado para evitar um parto prematuro ou uma interrupção da gestação.

Agora, antes de se esquecer, deixe sua opinião e compartilhe esta página.

Pesquisar o site

Artigo

Guia para encontrar os pontos da acupuntura auricular chinesa
Por Equipe de acupuntura-mtc.com

Depois que o Dr. Paul Nogier apresentou os resultados das suas pesquisas, a China retomou os estudos da acupuntura auricular, no final da década dos cinquenta. Contudo, eles desenvolveram o Leia mais...

Frase do dia

O Baço nutre as extremidades

A força das extremidades depende da nutrição garantida pelo funcionamento normal do Baço. O Baço doente comumente causa fraqueza das extremidades.